hippie-863283_1280

Você tem decidido o mais fácil, o mais formoso para os olhos ou o certo (às vezes feio e sem graça)? Há um jovem na Bíblia que nos ensina algo interessante sobre decisões.

Daniel foi um jovem que foi recrutado à ordem de um rei, cujo nome era Nabucodonosor, para o servir no palácio real. Assim que Daniel e outros jovens chegam ao palácio, o rei estabelece a sua comida diária. Mas Daniel então toma uma decisão surpreendente. Daniel decide não se contaminar com a comida estabelecida pelo rei, as melhores comidas do reino e o seu melhor vinho, e pede para fazer uma dieta especial, legumes e água (Daniel 1.8), para ele e seus amigos (Misael, Hananias e Azarias). E Daniel fala ao rei que após os dez dias, estabelecidos pelo rei para que ele fizesse uma avaliação física dos candidatos, ele e seus amigos estariam em melhor forma. Passado os dez dias, a palavra de Daniel se cumpriu.

O que nós podemos aprender com tudo isso? Que quando as nossas decisões são guiadas por Deus, assim como foi a de Daniel, os resultados são os melhores para nós. Pois, Deus nos conhece melhor do que nós mesmos. Em contra partida, os jovens que comeram o que o rei lhes ordenara, fizeram a escolha errada e não puderam servir diante do rei, ou seja, fracassaram no seus resultados.

Nós muitas vezes somos iguais a esses jovem que decidiram comer a comida real, achamos que estamos nos dando bem, mas no fim das contas não estamos no caminho de bons resultados. Lembre-se de tomar decisões guiado(a) por Deus! Para te ajudar a fazer isso leia Daniel capítulo 1.

Autor: Leonardo Maraga.

Tagged with →  
Fale conosco!